logo-mult

Inteligência artificial

Inteligência artificial

Inteligência artificial

A inteligência artificial é um tema que nos interessa a todos. A gente tem falado mais sobre isso nas
palestras, nos eventos e o que a gente tem notado conversando com essas pessoas
é que as vezes há uma visão que não é de todo realista a respeito da inteligência artificial.

 

De um lado temos os românticos que acham que a inteligência artificial pode ser um
oráculo que tudo sabe e que tudo vê, que é capaz até de grandes insights e do
outro lado temos pessoas um pouco menos crédulas, talvez até um pouco mais medrosas a respeito
da inteligência artificial, do potencial que essa tecnologia tem de roubar os empregos,
roubar os trabalhos, tirar as execuções das mãos das pessoas.

 

A verdade é que toda a visão que é extremista ela é desequilibrada, então
acho que vale a gente falar um pouquinho sobre o que é afinal a inteligência artificial, para tentar
trazer todos um pouquinho mais pro centro.

 

A inteligência artificial é um sistema computacional capaz de aprender.

Capaz de aprender em cima de dados, em cima de um monte de dados, definindo padrões, o que a matemática é excelente pra fazer? A classificar coisas e para determinar padrões.

 

Uma característica interessante a respeito do uso da inteligência artificial estudando
padrões é que provavelmente você nunca vai obter uma resposta correta, você vai ter uma resposta que tem uma
chance maior ou menor de estar certa.

 

Então, coisas que você vai identificar, por exemplo: no teu aplicativo de streaming de filmes que você usa em
casa, você vai ver que tem uma sugestão de que aquele filme que ele acha que é bom pra
você, tem um número escrito lá, noventa e sete por cento, noventa e cinco por cento…que
é o grau de certeza que a inteligência artificial que identificou os padrões de comportamento, teus e
de pessoas como você acham que aquilo é relevante, para você em noventa por cento de certeza.

 

Então existem o estudo de padrões e o índice de certeza, o índice de
acuracidade para saber se aquele dado pode ser real. É curioso a
gente imaginar que existe o modelo matemático que identifica o padrão que
dá um grau de certeza para aquela decisão, quando na verdade nós seres humanos,
principalmente em cargos de liderança, somos chamados a tomar decisões prontas,
rápidas, e elas tem que ser certeiras.

 

As pessoas nos perguntam as coisas, clientes, fornecedores, colaboradores, na certeza
que você tem aquela resposta que está provida de toda a razão e sabemos que
não é assim que funciona. Acho que uma coisa pra se meditar
é se a nossa humanidade está fazendo diferença na nossa atividade.

 

Certamente vão haver situações, que podem ser
curiosas, de divergência entre a opinião de um líder e o modelo
matemático de padrões, afinal o padrão determina o
comportamento da média e o líder talvez faça o oposto, dado um comportamento
extraordinário.

 

Então para aqueles que estão pouco preocupados, acho que a esperança que a gente
tem é de que o lado humano nunca vai poder ser substituído por decisões
baseadas em padrões.

 

A visão que as empresas devem ter a respeito da inteligência
artificial é uma visão de oportunidade, de olhar para aquilo como talvez um lugar
onde respostas que estão sendo procurados há muito tempo podem ser encontradas.
Porque uma das características interessantes da inteligência artificial é capacidade da
gente analisar dados, mas dados que não estão estruturados, por exemplo, imagens
sons, vozes, filmes, são aquelas coisas que antes a gente conseguir mensurar, não
conseguia medir.

 

Então agora a gente consegue fazer coisas a respeito desses dados que estão
no meio ambiente sem medo de que isso pode ser afrontador
para um aspecto, sem o romantismo de que isto vai ser uma sacada genial mas
com a visão de que talvez existam questões corporativas que a muito tempo
estão incomodando e que essas novas tecnologias, de repente, possam dar um novo
olhar sobre essas coisas.

 

Ou mesmo situações que já são corriqueiras que já
existem outras alternativas mas que a inteligência artificial traga
um novo olhar sobre essas mesmas problemática e possa propor soluções totalmente
diferentes.

O que você procura?